Não podemos negar que uma das vantagens da internet é a facilidade em compartilhar conhecimento, são vantagens para quem ensina e para quem quer aprender, em termos educativos. O melhor disso é que podemos alcançar ensino de qualidade e de todas os assuntos possíveis. Estudar sozinho é possível, é gratuito e ainda temos inúmeras opções de assuntos.

Hoje vamos celebrar a iniciativa dessa professora, Carolina Hessel que é docente da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Uma grande contribuição para a educação, com criatividade e disposição, ela foi lá e criou um projeto que consiste em contar histórias infantis utilizando libras. As historinhas são para crianças, mas adultos também podem assistir, é claro.

O canal da professora chama-se “Mãos Aventureiras”, e de acordo com Carolina, no Brasil ainda não teriam inventado nenhum canal semelhante. O objetivo do canal da educadora é fazer novos vídeos a cada semana. Ela relatou que sempre gostou de contar histórias para as crianças especiais, e relembra que quando trabalhava com educação especial sempre contava novas história para seus alunos.  Ela ama ter que contar histórias em Libras, a escolha das histórias depende da época ou da própria demanda.

Além de contar histórias antigas, como “O sanduíche da Maricota”, de Avelino Guedes, que é muito trabalhado na educação infantil, a professora monta os vídeos dos livros  “Adelia”, de Jean-Claude Alphen (Prêmio Jabuti), “Carona na Vassoura”, de Julia Donaldson e Axel Scheffler e “O presente do Saci”, de Lalau & Laurabeatriz.

A educação não tem barreiras. A professora Carolina Hessel faz a diferença. Parabéns, professora! Por mais atitudes pedagógicas e incentivadoras como esta!

Este artigo foi publicado originariamente no site- Razõe Para Acreditar, e foi reproduzido adaptado por equipe do blog cantinho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here