A cidade de Vancouver, localizada no Canadá publicou a proibição de confecção e uso de modelos descartáveis feitos de poliestireno. A nova medida irá vigorar em primeiro de janeiro de 2020 e se estende para todas as redes de supermercados, lanchonetes e outros eventos. A nova lei será de mesma proporção parecida com as leis que proíbem utilizar copos descartáveis para sorvetes e sacola plástica de compras.

O objetivos da nova lei implica uma relação com comidas preparadas, ou que são embaladas quando sobram restos e alguns consumidores querem embalar para viagem. Um lei muito semelhante entrou em vigor em 2018 em NY.

“A proibição se aplica a todos os copos de espuma de poliestireno branco e colorido e a recipientes usados ​​para servir alimentos ou bebidas preparados, incluindo, entre outros, pratos, copos, tigelas, bandejas, caixas e recipientes com tampa” , relatou o site da cidade de Vancouver. Dessa forma, abrange mantimentos como sopas, ensopados, caril, sushi, fritadas, molhos, saladas ou legumes cortados que são consumidos sem cozinhar.

Na cidade de Vancouver esta nova medida é apenas uma entre outras, que para amenizar os problemas causados pelo lixo, lançou a campanha: “ desperdício Zero” que até em 2040 está em progresso. Além disso, a cidade deseja proibir a  venda de sorvetes que está prevista para Abril do próximo ano. Dessa forma, o uso de talheres para usar uma única vez será liberada quando requerida pelo cliente e sacolas de plásticos e até mesmo os  compostáveis que terão proibição até o primeiro mês de 2021.

Em seu site, Vancouver apresenta uma lista de sugestões com o intuito de incentivo as companhias a se contatarem para participar de compras em grupos para minimizar o preço de novas embalagens. E incentivam a aquisição de novas iniciativas como minimizar o uso de contêineres.

“Por exemplo, você pode perguntar a seus clientes se eles querem que suas sobras sejam embaladas na menor quantidade possível de contêineres descartáveis , em vez de embalar as sobras separadamente. Você também pode incentivar seus clientes a trazer seus próprios contêineres. reutilizável para levar para casa as sobras”,argumentaram eles.

Essa medida foi feita também nos EUA que aplicam uma medida que impede a utilização de poliestireno, também em Miami Beach, Washington, Seattle e Nova York. E ainda na Itália, China, Bangladesh, Ruanda, Quênia, Congo  e também na África do Sul , o uso de leis que impedem o uso de sacos plásticos.

Este artigo foi publicado originariamente no site- BioGuia, e foi reproduzido  adaptado por equipe do blog cantinho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here